quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

PREPARAÇÃO IDEAL DO SOLO PARA PLANTIO DE EUCALIPTO

Revolvimento do solo

È muito importante revolver o terreno para facilitar o plantio, fixar as raízes, aumentar a absorção de umidade, melhorar o crescimento e sobrevivência das mudas, além de facilitar o controle das plantas daninhas. Atualmente, não é mais recomendado o uso de arado ou grades pesadas, porque estes equipamentos causam uma revirada e perturbação nas camadas do solo, com prejuízos no aproveitamento da sua fertilidade natural e perda da matéria orgânica; ao invés disso, têm sido utilizados, preferencialmente, o subsolador e sulcador, somente nas linhas de plantio, objetivando o cultivo mínimo. Não se deve fazer o revolvimento do solo nos terrenos inclinados para não provocar erosão; nesse caso, as covas devem ser grandes para garantir o bom desenvolvimento das mudas.


Espaçamento
Por espaçamento entende-se a área ou espaço necessário para o crescimento e o desenvolvimento das plantas. O espaçamento é definido em função da espécie, grau de melhoramento, fertilidade do solo e dos produtos finais a serem obtidos. Os espaçamentos mais utilizados pelas empresas de reflorestamento estão apresentados abaixo

Espaçamento, densidade de plantas e finalidade de plantio mais utilizados nas empresas de reflorestamento no Brasil.

Espaçamento (m) Nº de plantas por hectare Finalidade do plantio
3,0 x 1,5 2,222 lenha, carvão, mourão, celulose

3,0 x 2,0 1,667 lenha, carvão, mourão, celulose

2,5 x 2,5 1,600 lenha, carvão, mourão, celulose

3,0 x 3,0 1,111 celulose, carvão, lenha, serraria

O espaçamento ideal é aquele que produz o máximo de madeira em volume, forma e qualidade, com o menor custo. O mais recomendado é que os plantios tenham, no mínimo, entre 6 a 9 metros quadrados por planta, com o mínimo de três metros entre as linhas de plantio.

Fonte: Prof. José de Castro Silva

Nenhum comentário:

Postar um comentário